08/02/2014 - Presidente do MNB em entrevista de Televisão sobre o Exame de Ordem.




 

 

Nesta sexta feira, dia 07 de fevereiro de 2014, o Presidente do Movimento Nacional dos Bacharéis em Direito - MNB Dr. Carlos Otávio Schneider, participou do programa de televisão da TV Cidade da Cidade de Bento Gonçalves, Estado do Rio Grande do Sul do programa "Opinião" abordando as flagrantes ofensas constitucionais e infraconstitucionais patrocinados pela Ordem dos Advogados do Brasil ao exigir dos egressos das Faculdades de Direitodiplomados pelo MEC um exame de proficiência que não compete a entidade privada exigir.

Levado ao ar através do apresentador Antônio Frizzo, a entrevista teve duração de 17 minutos momento em que o Peresidente do MNBD, Carlos Schneider abordou a questão da legitimidade da OAB em patrocinar o exame bem como, sustentando de que "se tiver que se exigir alguma avaliação, esta deve ser atribuição do Ministério da Educação e Cultura - MEC e não da OAB como vem ocorrendo" sustentou. Ou seja, não compete a uma entidade privada que não participa do processo educacional dos acadêmico exigir qualquer critério de avaliação por lhe falecer competência constitucional e legal para esta tarefa.

A Entrevista ainda teve a participação de apoio do Dr. Valney Luiz Vargas da Silva, Vice-Presidente do MNBD e do Dr. José Luis Schneider, Tesoureiro da entidade que passou o período registrando o evento para que pudesse ser divulgado. Aos patrocinadores, obrigado pelo apoio e com o olhar voltado para uma aberração jurídica, a mobilização não para por aqui. As atividades do MNBD continuam em todo o Estado e em todo o País. O Fim do Exame de Ordem está próximo.

 


Desenvolvido por: Lccomunic.com.br Diretoria Nacional Quem Somos O que é o MNBD